A Clínica do Centro de Estudos Psicanalíticos de Porto Alegre (CEPdePA) oferece atendimento psicanalítico para crianças, adolescentes e adultos, além do serviço especializado em psicoses. Nossa clínica tem como objetivo o atendimento à comunidade através de valores acessíveis e convênios com organizações e instituições.

Todos atendimentos são realizados na instituição, que dispõe de horários amplos e ambiente apropriado. A primeira consulta é agendada através da secretaria, que funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 20h.

Serviço de Psicanálise da Infância e Adolescência – SIACEP

O SIACEP é um espaço destinado ao atendimento individual psicanalítico de crianças e adolescentes. Muitas vezes o sofrimento infantil e adolescente se expressa através de dificuldades na relação com os pais, com a escola, com os colegas ou mesmo em dificuldades de aprendizagem. A fala, o jogo e o brincar, neste contexto, são expressões que permitem a comunicação entre analisando e analista, escutando quem nos procura dentro de sua singularidade. Nossa clínica possui diversas possibilidades de horários com valores acessíveis.

Serviço Psicanalítico das Psicoses

 A sociedade e todos nós sabemos da importância de um distúrbio mental em cada um de nós. Aqueles mais graves a linguagem diz que sofrem de loucura. São os loucos em geral. A loucura sempre preocupou o homem de todos os tempos. A cultura de cada época sempre se interrogou sobre  porque o homem enlouquece e vem se questionando até hoje. É verdade que hoje sabemos mais que ontem, mas ainda não sabemos tudo.No Brasil, há algum tempo, estamos sob os efeitos da lei anti-manicomial que proíbe a hospitalização permanente dos nossos doentes mentais. Lembramos todos dessa prática absurda  de hospitalizar nosso familiar doente e nos esquecermos dele. Felizmente, estamos longe desse costume infame.

Atualmente, nosso enfermo mental conta com amplas possibilidades de continuar convivendo em sociedade, graças aos esforços dos familiares, da psicanálise e da psiquiatria.O trabalho clinico junto a esses homens e mulheres que ingressam na loucura é fundamental. A nossa clínica, a do Serviço Psicanalítico das Psicoses, do CEPdePA, se fundamenta e acredita que a loucura humana  não vem do neurônio. Ela nasce de um profundo distúrbio da alma que se rebela contra algumas limitações da vida. Então é melhor sonhar acordado que se é Roberto Carlos do que um cidadão comum dentro da multidão.

Por tudo isso, nosso serviço trabalha com a palavra, veículo das emoções. Sendo também a voz da alma. Sempre privilegiamos a fala em lugar da medicalização.Esta a usamos somente em casos específicos. Pensamos que a família ocupa um lugar fundamental no acontecer psíquico de cada individuo. Ela ocupa no SPP do CEPdePA, um espaço terapêutico. Colocamos nosso serviço a disposição da cidadania porto-alegrense, pois aqui a doença mental grave encontra um lugar ético para tratá-la com a metodologia psicanalítica.